Olhares no E-mail

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

O que for




Amor, o que é essa dor?
O que preciso fazer para torná-lo mortal?
Meu gosto já não é gosto
E eu nem sei o que isso é...
Talvez gosto doce, ou
Amargo de pensar que o tenho.
Retorno a perguntar: - o que é o amor?
É perigoso se perguntar, eu sei,
Pois o sinto penetrar em meus
Mais inacessíveis desejos: amar por
O sentir, e ser amada por o enxergarem em mim.
Eu não sei se ele realmente é a felicidade
Como para muitos lhe parece,
Mas para mim, que sou poeta,
Ele ainda não se mostrou.
Se algum dia eu acreditei o achar,
Ele veio em dor, e talvez,
Por esse motivo,
Eu ainda o descreva pensando que
Seja um tesouro causador de sofrimentos,
E finja que ele possa viver
Embaixo do meu travesseiro,
E sendo o que for, achar que é amor.
Lu Monteiro
06/2003

Nenhum comentário: