Olhares no E-mail

quinta-feira, 5 de março de 2009

Desafino




Tuas palavras eram canções,
Bonitas canções que me faziam sonhar...
Com o tempo,
Tuas palavras viraram sonhos,
Bonitos sonhos que não mais vivi...




A realidade eram palavras desafinadas
A estuprar os meus ouvidos,
E com o passar das estações,
Ela deixou de me tocar e eu não mais as ouvi...

PS: para ti que as lê, mas não as sente como eu, mesmo assim está ciente que foram feitas, mas sem saber que as fiz para que se lembre que não sofro mais por ti!






Lu Monteiro


2001

Um comentário:

Ademar Oliveira de Lima disse...

Um belo texto!!
Estive por aqui conhecendo o seu blog!!
Abraço Ademar!!!